7 maneiras essenciais para construir a confiança entre seus empregados

Nicolas Cole Blocked Desbloquear Seguir Seguindo 2 de janeiro Nicolas Cole Instagram

A confiança é a base do sucesso.

Se você é um atleta, você tem que confiar em seus companheiros de equipe.

Se você é músico, precisa confiar nos seus colegas.

Se você é um empreendedor, precisa confiar nas pessoas com quem trabalha.

E se você administra uma empresa, precisa criar a confiança de seus funcionários.

Tantas questões derivam de uma falta de confiança.

Quer queiramos admitir ou não, somos criaturas emocionais – e sabemos quando o nosso “espírito antipático” nos diz que não estamos sendo confiáveis, ou não confiamos na outra pessoa.

Uma falta de confiança pode afetar significativamente nossa tomada de decisões e até afetar o trabalho que fazemos.

Como você constrói confiança?

1. Mantenha sua palavra

A maneira mais simples e eficaz de criar confiança é adquirir o hábito de manter sua palavra.

Se você disser que vai ler alguma coisa no fim de semana, leia.

Se você prometer que o relatório seja feito até segunda-feira, faça-o.

Se você vai assumir a liderança em um projeto, não o deixe cair no esquecimento.

Alguém está sempre assistindo.

Mantenha sua palavra e eles confiarão em você. Quebre sua palavra e eles se lembrarão de você como tal.

2. Dê o benefício da dúvida

Conflito inerentemente questiona a confiança.

Como os animais, nos perguntamos se esse conflito é isolado ou parte de um problema maior. Em vez de deixar o último se manifestar, sempre dê o benefício da dúvida e permaneça positivo (até que mais informações sejam reveladas ou você tenha tido tempo para pensar sobre o que aconteceu em profundidade).

Dar às pessoas o benefício da dúvida também sutilmente as encoraja a fazer o mesmo por você.

Isso constrói um relacionamento de confiança de um lado para outro que ambas as partes têm intenções positivas.

3. Faça contato visual

Simples mas efetivo.

Quando você fala, olhe a outra pessoa nos olhos. Evitar o contato visual é, e sempre será, uma daquelas coisas que faz você questionar a outra pessoa.

Remova a variável. Olhe nos olhos deles.

4. excesso de comunicação

Quando os incêndios começam do nada, alguém é culpado.

Quando alguém é culpado, mais uma vez há um colapso na confiança – "Podemos deixar essa pessoa sair sozinha?"

Se você comunicar em excesso o que está acontecendo com sua equipe, então, quando algo imprevisto acontecer, ninguém o questionará.

Eles entendem, eles se lembram de você tomar nota disso com bastante antecedência, e se eles confiam em você ainda mais por ter a confiança para falar.

A comunicação é fundamental.

5. Conheça o seu material

Especialmente se você estiver em uma posição de liderança, as pessoas buscam orientação.

Eles confiam em você como líder por causa de seu conhecimento e experiência.

Dito isso, a confiança pode ser facilmente quebrada no momento em que você começa a relaxar e não mais “conhece suas coisas”. Se você comparecer a reuniões falando sobre o assunto ou dar feedback sobre um projeto que você mal viu, as pessoas saberão – e eles começarão a questionar seu julgamento.

Apareça e conheça suas coisas.

6. Seja honesto quando você não sabe a resposta

Ao contrário do que foi dito acima, o conselho do lado oposto é admitir quando você não sabe.

É muito mais respeitável dizer: "Não tenho certeza, mas me dê algumas horas e vou descobrir", do que soltar um monte de penugem sem sentido para puxar a lã sobre os olhos de todos.

Alguém lá fora é um pastor e eles saberão.

A confiança é construída na honestidade.

Se você não sabe, então diga.

Em seguida, reforce seu valor declarando como você vai encontrar a solução.

7. Em uma crise, nunca desista

E, finalmente, a base da confiança e a razão pela qual é tão importante em um ambiente de negócios é porque as pessoas querem saber que você está nisso por um longo tempo.

Não importa o que aconteça, não importa o quanto algo seja ruim, nunca desista do seu time e continue avançando.

As pessoas querem saber que podem confiar em você para atravessar a tempestade com elas.

Uma vez que você está fora da tempestade, é hora de tomar outras decisões. Mas, até lá, seu trabalho principal e seu foco devem ser manter a equipe avançando – ou, se você não estiver em posição de liderança, ser um participante capaz e disposto.

Se você conseguir sobreviver à tempestade, as pessoas saberão que podem realmente confiar em você – e isso é algo que eles vão lembrar para sempre.

Este artigo apareceu originalmente na revista Inc