Kino e o Arquivo 3D convidam você para o LABIRINTO

O 3D Archive e o Kino Lorber Studio Classics estão resgatando mais um tesouro do The Paramount Archive e liberando-o em sua glória tridimensional original. Desta vez é o thriller de mistério gótico The Maze , dirigido por William Cameron Menzies ( Invasores de Marte [1953], que também era bastante conhecido por seus talentos como desenhista de produção também [ É uma vida maravilhosa, levada pelo vento ]). Originalmente lançado em 23 de julho de 1953, The Maze foi lançado pela Allied Artists Pictures durante o boom 3D dos anos 50, prometendo ao público “The Deadliest Trap in the World”.

O labirinto tinha uma jornada fascinante para a tela. O filme começou sua vida como um pequeno romance de Maurice Sandoz, um químico que se tornou autor, e foi ilustrado por ninguém menos que Salvador Dali. O romance nasceu da lenda do castelo Glamis (pronunciado "Glarms"), muito popular na Europa entre 1840 e 1900. A lenda dizia que no Glamis Castle, nas Terras Baixas escocesas, em um quarto oculto vivia herdeiro secreto horrivelmente deformado. Esta lenda é a força motriz por trás do filme que estrelou Richard Carlson como Gerald McTeam e Veronica Hurst como seu noivo, Kitty Murray.

Durante as férias em Cannes, Gerald recebe uma carta convocando-o para ver seu tio que ficou doente no castelo de Glamis. Antes de Gerald sair, ele deixa alguns gostosos panfletos sobre crescer com seu tio excêntrico, que o trancaria em seu quarto e à noite e o proibiria de visitar certas áreas do castelo. Gerald abruptamente deixa seu noivo, e algumas semanas depois a tia de Kitty (Katherine Emery) recebe uma carta cancelando o noivado, pedindo que Kitty esqueça dele e siga em frente. Claro, Kitty não teria tal coisa e viajaria para encontrar Gerald, que se tornou não só o dono do castelo após a morte de seu tio, mas também parece ter envelhecido substancialmente desde a última vez que o viu.

The Maze foi um daqueles filmes em que a grande revelação acontece nos momentos finais do filme, quando Kitty passa o tempo de execução do filme tentando descobrir o estranho mistério do castelo. The Maze é um filme completamente envolvente que realmente faz um ótimo trabalho construindo a tensão até a grande revelação. Eu não acho que teria funcionado tão bem se não fosse pelo elenco liderado por Richard Carlson e pela importadora britânica Veronica Hurst, dando ao material mais respeito do que merece, mesmo nos momentos mais bobos do filme. As performances aqui, juntamente com a exuberante cinematografia e produção do filme, realmente fazem um ótimo trabalho em fundamentar a história em algum tipo de realidade. É definitivamente um filme do seu tempo, mas ainda é muito divertido, mesmo para os padrões atuais.

Pessoalmente eu sou um grande fã do 3D mais antigo; tende a ter uma sensação mais naturalista em como usa sua profundidade de campo. O Labirinto tristemente se afasta do 3D mais “gaggy”, usando as configurações de castelo e labirinto do filme para mostrar o uso da tecnologia no filme. A escolha de Menzies para seguir esse caminho também ajuda no tom geral do filme para manter o humor sério, para melhor ajudar na compra do terceiro ato do filme. Essa abordagem definitivamente coloca a pressão sobre Menzies para manter o campo visual interessante, e ele consegue manter as coisas se movendo no quadro para manter o público ciente de que eles estão assistindo a um filme em 3D.

Mesmo com o recente boom 3D chegando ao fim, é ótimo que o 3D Archive ainda esteja desenterrando esses filmes para fãs fiéis do formato como eu gostar. A restauração aqui no disco oferece uma imagem nítida e clara que parece ter sido filmada ontem, com uma faixa de comentários hospedada pelo historiador de cinema Tom Weaver, que é tão abrangente e informativa quanto qualquer fã poderia desejar. A atmosfera gótica do filme e 3D proporcionam um filme que os fãs de filmes de monstros dos anos 50 vão adorar, com um tempo de execução de 80 minutos que não deixa de ser bem-vindo. Eu gostei muito do The Maze, e isso me faz pensar quantas joias escondidas como essa estão por aí?