Novas tarefas "impossíveis" com novo curso de programação para jornalistas

Marco Túlio Pires Bloqueado Desbloquear Seguir Seguindo 30 de outubro de 2017

Saber “conversar” com os computadores tornou-se uma competitiva em muitas profissões. Não é diferente no jornalismo. O que há de novo em torno do mundo real em tarefas que podem ser resolvidas em um ambiente acaba realizando o trabalho mais rápido. Sem jornalismo, isso significa cavar pausas "impossíveis", revelando as histórias que se escondem por trás da atividade na web e das bases de dados. A programação do jornalismo fornece investigações fundamentais para as democracias, como o Farra do Fies , o Estadão Dados , eo Panama Papers , do ICIJ .

É por isso que o Google News Lab está, mais uma vez, apoiando o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas na produção de um curso necessário e urgente para os jornalistas brasileiros. Em Introdução à Programação: Python para Jornalistas , qualquer um seriado no mundo da programação de computadores com foco no jornalismo.

Uma jornada de quatro semanas

A programação um serviço de emprego pode ajudar a encontrar pessoas impossíveis

O curso gratuito e on-line ocorre de 20 de novembro a 17 de dezembro na plataforma do Centro Knight e será ministrado por dois especialistas que representam a união do mundo com a computação: Pedro Burgos ( Gizmodo Brasil , Impacto.jor ), um jornalista Que se fez programador, e Álvaro Justen ( Escola de Dados , Gênero e Número ), um programador que se fez jornalista.

Os 10 melhores projetos em branco têm uma bolsa para participar de uma oficina de jornalismo de dados com os instrutores e outros participantes na sede do Google em São Paulo, no início de 2018.

Mais cursos

Este é um curso aberto e on-line que faz parte do Google News Lab. Na América Latina em parceria com o Centro Knight e a Associação Nacional de Jornais em 2017. Três em inglês e dois em espanhol. São eles:

Inscrições abertas para os cursos de checagem de fatos em espanhol (esquerda) e programação em Python!