O que um ex-monge pode nos ensinar sobre a boa vida

Laurence McCahill Segue 4 de jul · 3 min ler

“A vida é simples, então por que insistimos em tornar isso tão complicado?”

Satish Kumar é um ex-monge Jain, ativista e fundador do Schumacher College, uma instituição inovadora criada em 1990.

O colégio foi inspirado e nomeado em homenagem a EF Schumacher, economista, ambientalista e autor de Small is Beautiful – Economics, como se People Mattered .

É um livro que influenciou nosso pensamento na The Happy Startup School – que o crescimento pelo crescimento é insustentável, e também não é uma medida de sucesso que todos os negócios ou economias devem buscar. Ele forneceu um contra-equilíbrio muito necessário para a visão tradicional da economia – uma que promove maior quanto melhor.

“O PIB mede tudo, exceto o que faz a vida valer a pena.” Bobby Kennedy

Em uma palestra recente (veja o vídeo abaixo), Satish Kumar explica por que o crescimento econômico baseado no materialismo é insustentável. Ele compartilha algumas maneiras que todos nós podemos abraçar uma vida de simplicidade elegante em sua entrega encantadora e sem disparates.

Estes são tão importantes, se não mais, para os empresários como são para qualquer outra pessoa. Passar mais tempo ao ar livre, trabalhar de forma mais inteligente, não mais difícil, e tornar as coisas bonitas. Quem pode argumentar com algum desses?

1. Viver perto de onde você trabalha (e caminhar até lá) ?

“Se todos nós caminhassemos para o trabalho, não haveria tráfego na hora do rush. Vivemos em uma sociedade onde é como se não tivéssemos pernas ”.

2. Se perca na natureza ?

“O deserto é muito importante em nossas vidas. Tudo é muito contido, muito civilizado. Nós precisamos ir à loucura.

3. Trabalhe menos ?

"Se você simplificar sua vida, você precisa de menos dinheiro, porque você tem mais tempo – para você, sua família e amigos."

4. Comece a fazer ?

“Jardinagem, culinária, poesia, tudo isso é da sua própria imaginação – invente algo novo. Viva como um poeta. "

5. Faça o que fizer, faça bonito ??

“Somos todos artistas. Faça o que fizer, trate isso como uma arte. É a única maneira de criarmos coisas que durarão ”.

Se você gosta, pode assistir a palestra completa abaixo ou ler o livro dele . Apreciar.

?? Junte-se a 150 agentes de mudança em setembro e inspire-se, conheça pessoas que pensam e viva simplesmente por alguns dias – mais informações em www.happystartupsummer.camp