Categorias
Sem categoria

O guia final para profissionais de marketing de conteúdo da SEMrush

Você dificilmente vai encontrar um negócio que não sabe o quão importante conteúdo é e por que deve ser criado. No entanto, quando se trata de planejar e escrever, há muitos desafios para os profissionais de marketing de conteúdo.

Estes incluem perguntas como, por exemplo:

  • O que escrever sobre um determinado tópico?
  • Como fazer com que seu conteúdo apareça em boas posições no SERP e onde distribuí-lo?
  • Como medir o desempenho do conteúdo e, posteriormente, ajustar sua estratégia de conteúdo?

O profissional de marketing de conteúdo moderno, além de conhecer as necessidades do público e ser um bom escritor, também deve ser um especialista em SEO, um gerente de relações públicas e um analista.

Considerando a falta de conhecimento e prática em algumas dessas áreas, não é de admirar que muitos deles se sintam confusos e indefesos. E mesmo que você seja um profissional em toda a linha, ainda é preciso muito tempo e esforço para implementar tudo de forma organizada.

A SEMrush sabe quão doloroso pode ser, por isso criaram este guia explicando como implementar cada passo da maneira certa e com um investimento mínimo de tempo.

Ainda, o marketing de conteúdo inclui blog posts, newsletters, ebooks e redes sociais, por exemplo. Afinal, todos envolvem a criação de conteúdo.

O que é marketing de conteúdo

O marketing digital possui diversos tipos de estratégia, e uma delas é o marketing de conteúdo. Assim, o marketing de conteúdo é uma forma de atrair seus possíveis clientes, também conhecidos como leads, através da criação de conteúdo.

Claro que por trás dessa estratégia existe muito mais do que se vê. Por exemplo, para atrair um lead é necessário saber qual estágio ele está na busca, se topo, meio ou fundo. Também é preciso conhecer esse lead, com uma estratégia de personas.

Análise de conteúdo

Uma abordagem estratégica para a criação de conteúdo implica que nenhum conteúdo deve ser criado do nada. Assim, antes de escrever uma nova peça, você precisa saber como ela se encaixa na sua estratégia de conteúdo atual e atenderá às metas definidas para o seu website.

Além disso, às vezes não é necessário produzir um novo conteúdo a partir do zero, quando você pode atualizar material antigo: as páginas mais antigas têm uma vantagem de classificação, por isso faz mais sentido otimizá-las do que criar novas. Com tudo isso em mente, o primeiro passo para qualquer estrategista de conteúdo é uma auditoria de conteúdo adequada.

Auditoria de Conteúdo

Uma auditoria de conteúdo é uma tarefa abrangente e deve envolver o monitoramento de várias métricas de desempenho.

Mas o que quer que você faça, seu objetivo final é criar um plano de otimização que inclua uma lista de páginas para atualizar / otimizar e novos materiais para criar.

Cada métrica não deve ser considerada como uma única medida de sucesso, uma vez que apenas uma combinação fornece uma imagem completa. Estas são as principais métricas que você deve monitorar constantemente:

  • Tráfego e sinais de comportamento do usuário
  • Engajamento nas mídias sociais
  • Backlinks
  • Posições orgânicas

Na ferramenta de Auditoria de Conteúdo, você pode monitorar cada uma dessas métricas em dinâmico. Para começar a usá-lo, configure a ferramenta selecionando as subpastas do sitemap. arquivo txt ou adicione os URLs manualmente.

marketing de conteúdo

Tráfego e sinais de comportamento do usuário

Quantos usuários lêem seu conteúdo? Quanto tempo eles gastam em um determinado artigo? Eles estão finalmente satisfeitos?

Existem três métricas que ajudarão você a responder a essas perguntas e todas elas podem ser encontradas na ferramenta Auditoria de conteúdo:

  • O Número de sessões mostra com que frequência os usuários visitam uma determinada página do seu site.
  • A Duração Média da Sessão demonstra por quanto tempo seu conteúdo atraiu sua atenção;
  • A taxa de rejeição é a porcentagem de usuários que deixaram a página específica sem visitar nenhuma outra página do site.

Cada uma dessas métricas é uma fonte de informações sobre como melhorar sua estratégia de conteúdo. Por exemplo, um pequeno número de sessões pode indicar uma má escolha de palavras-chave. O resto muitas vezes sinaliza que você não dá ao seu público o que ele espera receber.

Engajamento de mídia social

Nesta seção, você pode ver o número de compartilhamentos em várias mídias sociais: Facebook, Twitter e LinkedIn. Assim, classificar as páginas pelo número total de compartilhamentos em cada mídia social pode ajudar você a ver quais postagens geram mais engajamento e determinam as preferências do seu público.

Por exemplo, se uma de suas postagens no Facebook obtiver significativamente mais compartilhamentos do que o normal, isso pode ser um sinal de que o tópico do qual você está falando é popular no público do Facebook, por isso faz sentido criar uma discussão sobre isso ou aprofundar o assunto, pesquisar e produzir mais conteúdo.

Backlinks

Classificar as páginas por número de backlinks é uma boa maneira de analisar qual conteúdo tem o melhor potencial de referência. Na coluna Backlinks, você pode ver quantos backlinks uma determinada página tem e quantos deles são novos.

Posteriormente, você pode analisar as páginas com os perfis de backlink mais ricos para procurar ideias de criação de links para outros materiais.

Posições Orgânicas

Acompanhar o desempenho do seu conteúdo para palavras-chave alvo é crucial para a visibilidade. No fim das contas, são as palavras-chave que os usuários pesquisam, portanto, colocar seu conteúdo na primeira página dos resultados da pesquisa exige um monitoramento constante.

Além disso, verificar quanto engajamento sua postagem de blog recebe nas redes sociais e quantos backlinks ela recebe é uma fonte inesgotável de motivação.

E por último, mas não menos importante, é sempre útil acompanhar o desempenho do seu concorrente, prestando especial atenção às suas publicações mais populares ou recentes.

Para fazer isso, você pode adicionar as postagens que interessam a você à ferramenta de acompanhamento de postagens.

Aqui, você pode selecionar as palavras-chave de destino de sua postagem clicando no botão Adicionar palavras-chave. Você pode adicionar as palavras-chave de sua escolha ou selecionar aquelas sugeridas pelo SEMrush.

O botão Alterações diárias levará você ao gráfico com a tendência de visibilidade da postagem, isto é, as atualizações diárias de sua posição para palavras-chave segmentadas.

Se o ranking da página tiver caído e não melhorar ao longo do tempo, é o momento certo para verificar as oportunidades de otimização.

Todas as métricas de desempenho de conteúdo estão inter-relacionadas, indicando uma coisa: se o seu público gosta do seu conteúdo ou não. Não é suficiente monitorar apenas uma dessas métricas, pois as outras podem ser uma boa fonte de ideias para otimização e melhoria.

Texto originalmente publicado em The Ultimate Guide for Content Marketers by SEMrush por Semrush.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.