Siglas corporativas: veja as principais e os significados

Escrito em: 28/02/23

Sabe aquele jeito de falar, específico, que existe em diferentes regiões do nosso país? Bom, com o mundo dos negócios não é diferente. Há diversas siglas corporativas que fazem parte do dia a dia de pequenos e grandes negócios.

Essas siglas originam da língua inglesa e por isso muitas pessoas não sabem o que elas significam. Entretanto, saber sobre o que elas tratam é essencial para empreendedores que desejam se desenvolver.

Assim, neste material vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o que significa cada uma das siglas corporativas.

Imagem escrito a sigla CEO, representando uma ds siglas corporativas.
Siglas Corporativas

O que são siglas corporativas?

As siglas corporativas são abreviações que descrevem os cargos, atividades ou operações empresariais, como já citamos anteriormente, alguns deles derivam de palavras inglesas. Dessa forma, cada sigla possui a sua particularidade.

Significado das siglas corporativas C-level

Neste tópico iremos esclarecer para você o que cada sigla significa e a importância delas para organizações de pequeno, médio e grande porte.

Além disso, as siglas chamadas de C-level, são aquelas que representam cargos mais elevados de uma organização.

Chief Executive Officer (CEO)

Essa, sem sombra de dúvidas, é a mais conhecida de todas as siglas, pois normalmente é noticiado na mídia o nome de quem se tornou CEO de grandes empresas. Assim, se torna mais familiar. Mas o que ela significa, afinal?

CEO é a sigla de Chief Executive Officer, que em sua livre tradução nós temos: Diretor Executivo, ou seja, seria o cargo presidencial de uma companhia. Este cargo está acima dos outros. Assim, muitas vezes ele é ocupado pelo próprio dono.

É possível ter 2 CEOs?

Por mais que seja incomum o fato de uma empresa ter dois CEOs, há uma tendência para que o tema seja tratado com mais normalidade, vendo por uma perspectiva de que as funções e os cargos estão em uma constante evolução.

E este segundo CEO já tem um termo para defini-lo, é o Co-CEO. Grandes empresas como a Salesforce e a Netflix, foram as pioneiras em anunciar um Co-CEO em suas organizações.

Uma das principais vantagens está nos resultados positivos, pois quando estes dois profissionais conseguem unir suas experiências e estratégias em orol do desenvolveimento e crescimento da organização, é incrível.

Em suma, é importante se atentar nas divisões de funções, para que seja bem claro quem é o CEO e quais atribuições ficam aos cuidados do Co-CEO. Assim, esses processos serão efetuados em meio à clareza.

Quem está acima do CEO?

Bom, o cargo que está acima do CEO é o Chairman (presidente do conselho administrativo). Dessa forma, enquanto o CEO trabalha com o objetivo de desenvolver os objetivos da organização, o Chairman foca nos interesses dos investidores e acionistas.

Chief Operating Officer (COO)

COO é a sigla de Chief Operating Officer que traduzindo temos: Diretor de Operações. Este cargo é aquele que está logo abaixo do CEO, pois ele trabalha diretamente com a produção da organização, e é a partir dessas observações que o CEO pode pensar em formas mais estratégicas para alavancar o negócio.

A responsabilidade do COO consiste em implementar e supervisionar os planejamentos que foram acordados pela companhia.

Diferença entre CEO e COO

A diferença entre CEO e COO é que o Diretor de Operações fica focado apenas nas operações internas da empresa e também na sua otimização para que os processos funcionem corretamente.

Por outro lado, o CEO tem uma responsabilidade mais ampla. Sua função exige que ele direcione o seu foco na estratégia, direção e investimento de toda a empresa. Dessa forma, é o COO quem irá reportar mais detalhadamente as questões internas do negócio.

O que é CTO e CIO?

A sigla CTO significa Chief Technology Officer, ou seja, Diretor de Tecnologia. Vale informar que também há outra sigla com a mesma função, o CIO (Chief Information Officer), Diretor de Tecnologia da Informação.

Ambas as siglas são responsáveis pela informação, tecnologia e inovação da empresa. Uma de suas funções é garatir a sustentação tecnológica na qual o negócio precisa se desenvolver.

Em meio aos avanços tecnológicos, este cargo tem sido bem estratégico dentro das organizações.

O que quer dizer a sigla CFO?

CFO é a sigla de Chief Financial Officer, que em sua tradução temos: Diretor Financeiro, este cargo é fundamental para empresas de alto nível, pois é ele quem vai garantir que haja orçamento suficiente para projetos, planejamentos e ações táticas.

Em suma, o trabalho do CFO é gerir os recursos financeiros da organização, mantendo o CEO e os investidores informados sobre as finanças e sobre o capital existente para que o negócio possa continuar se desenvolvendo.

Qual o salário de um CFO?

Normalmente, o cargo de CFO inicia ganhando um valor entre R$ 17.000,00 e R$ 18.000,00, podendo chegar ao total de R$ 39.071,00.

A média salarial para CFO no Brasil é de R$ 25.945,00. A formação mais comum dos CFOs é a Graduação em Ciências Contábeis.

Quais os objetivos do CCO?

Antes de pontuar os objetivos do CCO, é importante explicar o que esse termo significa. CCO é a sigla de Chief Communications Officer, traduzido como Diretor de Comunicações.

Este profissional está presente em empresas de médio e grande porte, uma vez que é necessário um setor que cuide da imagem da empresa frente à imprensa e ao mercado, e essa é uma das atribuições do CCO.

Este profissional está presente em empresas de médio e grande porte, uma vez que é necessário um setor que cuide da imagem da empresa frente à imprensa e ao mercado, e essa é uma das atribuições do CCO.

Aliás, é preciso se atentar para não confundir com as funções dos diretores de marketing, que possuem uma visão estratégica voltada para a recepção dos produtos por parte dos clientes e também a estética da marca, diferentemente dos CCOs que buscam elaborar estratégias para a marca em um modo geral.

Assim, temos um dos principais objetivos do CCO, que é fazer com que a visibilidade da empresa seja muito boa, ou seja, garantir que ela seja bem quista pelos consumidores. Além disso, com o avanço tecnológico e as inúmeras redes sociais que existem atualmente, é importante acompanhar tudo sobre o negócio.

Como nem tudo são flores, em caso de alguma crise envolvendo o nome da empresa, é o CCO quem deve ficar na “linha de frente”, lidando com as abordagens e questionamentos da mídia com o objetivo de trazer a credibilidade para o negócio novamente.

O que significa a sigla VP?

VP é a sigla de Vice-Presidente, este profissional é o que fica em segundo no comando da organização.

Além disso, é comum que algumas empresas tenham o cargo de VP para um componente específico do negócio, podemos citar como exemplo o VP de Marketing que reporta ao CEO situações referentes ao departamento de marketing da empresa.

Uma das funções do VP é ajudar o CEO, projetando a visão global do empreendimento, garantindo que tudo funcione perfeitamente.

Além do mais, eles também podem substituir o CEO e tem autoridade para determinar qual a melhor forma de tratar as questões.

O que significa Cc?

Cc é a sigla de “Carbon copy”, que em sua livre tradução fica “Cópia carbono”, ou seja, com cópia. Assim, utilizam este termo quando, no momento de enviar um email, o usuário decide enviar cópias para outros destinatários.

Entretanto, em todos os programas próprios para enviar e receber mensagens eletrônicas, quando o usuário escreve uma mensagem, existem diversas opções de envio, como: Para (To, em inglês), Cc, e Cco (Bcc em inglês)

Quando um email é enviado para apenas uma pessoa, o usuário deve inserir o endereço de email no campo “Para” e enviar, pois o campo Cc é utilizado, normalmente, no envio de informações profissionais, quando o assunto é de interesse de toda uma equipe, ou mais de um profissional.

A sigla Bcc no email

Bcc é a sigla de Blind carbon copy, que traduzindo temos “Cópia oculta”, ou seja, deixa um destinatário oculto. Por exemplo, no momento em que você escreve um email, e insere um destinatário no Bcc (Cco, em ṕortuguês), uma cópia é enviado e a pessoa fica oculta para os outros destinatários, diferente do Cc que fica visível para todos.

Objetivos do CCO.
Fonte: Haiilo

As siglas corporativas e o controle estratégico, tático e operacional

As siglas corporativas compõe cargos e operações que fazem parte da administração da empresa, e para administrar é importante um planejamento controlado. Assim, controle é a fase do processo administrativo que mede, avalia e toma a ação necessária.

Esse controle é dividido em três partes:

  1. Controle Estratégico;
  2. Controle Tático;
  3. Controle Operacional.

Agora vamos para os pontos específicos de cada um.

1 – Controle estratégico

No controle estratégico, também chamado de controle organizacional, são tratados os aspectos que envolvem a empresa como um todo, identificando o nível de decisão, dimensão de tempo e abrangência. Normalmente é difícil uma abordagem completa, pois nas organizações existem diversos controles (contábil, financeiro, vendas, pessoal, produção, entre outros).

A dimensão de tempo do controle estratégico é o longo prazo, e suas principais finalidades são:

  • Correção de falhas: serve para detectar falhas, tanto no planejamento quanto na execução, apontando quais medidas devem ser tomadas.
  • Prevenção de novas falhas: serve também para apontar os meios que evitam os erros futuros.

Fases do controle estratégico

Estabelecer padrões de desempenho: os padrões podem ser tangíveis ou intangíveis, vagos ou específicos, porém sempre tem o foco voltado para alcançar os resultados desejados.

Avaliar o desempenho: é preciso ter a base da mediação ou mensuração bem definida para que os erros sejam evitados durante o processo. Além disso, precisa estar de acordo com o padrão determinado na fase anterior.

Comparar o desempenho com o padrão definido: a comparação do desempenho com o que foi planejado, além de localizar erros, faz com que seja possível afirmar o que vai acontecer no futuro. Outrossim, mostra as possíveis tendências.

Executar a correção: quando o desempenho não está de acordo com o que foi estabelecido, o objetivo do controle é indicar quando, quanto, onde e como deve ser executada a correção.

Existem 4 tipos de controles estratégicos, são eles:

  1. Desempenho geral da empresa;
  2. Relatórios contábeis;
  3. Controle de lucros e perdas;
  4. Controle pela análise do Retorno Sobre Investimento (RSI).
Controle estratégico e as siglas corporativas.

2 – Controle tático

O controle tático, denominado também de controle departamental ou controle gerencial, é exercido no nível intermediário da empresa. Normalmente ele aborda, isoladamente, cada unidade da empresa.

A dimensão de tempo do controle tático é o médio prazo, e ele se baseia em dois conceitos importantes. São eles:

  • Retroinformação: é a retroação, ou seja, o mecanismo que fornece informações relativas ao desempenho (passado ou presente) capaz de influenciar as atividades futuras. E essas informações são necessárias para promover os ajustes.
  • Homeostase: é a tendência da auto regulação, isto é, para retornar ao equilíbrio toda a vez que for sumetido à uma perturbação por causa de algum motivo externo.

Fases do controle tático

Estabelecimento de padrões: o padrão serve como um resultado esperado em função do planejamento. As decisões sobre os padrões são tomadas no processo de planejamento mas podem ser reajustadas.

Avaliação dos resultados: seu objetivo é avaliar o desenvolvimento e/ou os resultados previstos pelos padrões, garantindo o alcance do que foi planejado.

Comparação: A comparação proporciona a informação a respeito da quantidade, qualidade, do tempo e custo das atividades de cada departamento, permitindo a avaliação dos padrões estabelecidos.

Correção: A maioria dos administradores têm o controle sobre diversos assuntos e somente deixam as atividades prosseguirem após se certificar de que os padrões estão sendo seguidos.

Existem 3 tipos de controles táticos, são eles:

  1. Controle orçamentário;
  2. Orçamento-programa;
  3. Contabilidade de custos.

3 – Controle Operacional

Trata-se de uma forma de controle realizada sobre a execução das tarefas e operações desempenhadas pelos profissionais que não são do administrativo da empresa. Assim, se refere aos aspectos mais específicos da empresa.

Enquanto o nível institucional estabelece os objetivos e o nível intermediário estabelece os planos e os meios de controle em termos departamentais, o nível operacional traça os planos e os meios de controle em termos específicos em cada operação/tarefa.Sua dimensão de tempo é o curto prazo.

Fases do controle operacional

Estabelecimento de padrões: É a base fundamental do controle operacional, ou seja, o ponto de referência para aquilo que será feito.

Avaliação do desempenho: Avalia o desempenho daquilo que está sendo executado, por meio de acompanhamento e monitorização.

Comparação do desempenho com o padrão: Compara o desempenho com o padrão definido para observar se há algum erro ou alguma falha.

Ação disciplinar: Ação disciplinar é a ação corretiva (que visa colocar as coisas em ordem por meio da própria tarefa ou operação) realizada sobre o comportamento de pessoas, diminuindo a discrepância entre os resultados atuais e os resultados esperados.

Considerações finais

Em conclusão, as siglas corporativas são sobre os profissionais que comandam a administração, ou sobre funções que compõem os níveis mais elevados da organização. Por isso, você deve sempre ir em busca de conhecer os cargos corporativos e suas abreviações.

Além disso, se você deseja ocupar alguns destes cargos deve se atentar ao mercado e às suas exigências. Quando precisar de informações referente às siglas e suas funções na administração, é só voltar aqui neste material e assim se desenvolver profissionalmente.

As pessoas também perguntam

O que é Co?

A sigla Co deriva de Company, ou seja, uma organização formada por um grupo de pessoas que desenvolvem e operam um negócio.

O que significa Ltda?

Ltda é a abreviação de limitada, termo jurídico que refere-se às empresas onde os sócios possuem responsabilidade limitada (por cotas).

Qual a diferença entre Ltd e Ltda?

Ltda é a sigla de Limitada em português, como vimos anteriormente. Já a sigla Ltd é a abreviatura da palavra em inglês “limited”, porém o significado é o mesmo.

Rafaela Konze

Rafaela Konze

Rafaela Konze é analista de marketing na Zipline e responsável pelo blog e redes sociais do Agatetepe. Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos por e-mail!

Você também pode gostar…

Por que as boas estratégias de negócios falham?

É fácil dissecar os elementos de uma estratégia de negócios ruim e como eles levam ao fracasso. Os melhores empreendedores fazem isso antes da implementação, enquanto muitos de nós aprendem com nossos erros em retrospecto. Mas o...

8 melhores indústrias para iniciar um negócio

Alguns setores incomuns possuem um grande potencial para os empreendedores. Para iniciar um negócio de sucesso, você precisa de uma boa ideia e da ousadia para agir. Enquanto todos os empreendedores de primeira viagem têm seu trabalho...

Mais de 25 especialistas em marketing compartilham dicas geniais

Sempre é a oportunidade perfeita para fazer um balanço da sua estratégia de marketing. Afinal, aprendemos muito identificando o que funcionou, o que não funcionou e usando esse conhecimento para construir um plano de ação para crescimento...

E-commerce: 5 tendências tecnológicas

O e-commerce tem tido um crescimento acelerado nos últimos anos, desde o impulso que ele sofreu pela pandemia. O isolamento social mudou o comportamento das pessoas referente a forma de comprar. Os consumidores estão cada vez mais...

Inovação digital terá investimento de 75% até 2026

Segundo as previsões de consultoria para os próximos cinco anos, as empresas líderes de mercado serão as que utilizarem tecnologia para inovar. Especialistas explicam que a inovação digital pode garantir uma melhor produtividade do...

5 dicas de marketing e estratégia para empreendedores modernos

O empreendedorismo é para os ambiciosos, aspirantes e renegados que estão entre nós. Quando você inicia um negócio, você dá um salto de fé, começa a caminhar para o desconhecido e se prepara para enfrentar o que quer que seja jogado em...

Não estrague sua taxa de conversão com esses 10 erros UX

Por que alguns sites ganham constantemente classificações de popularidade e outros não atraem usuários, apesar de gastarem muito tempo e dinheiro? A razão mais importante é a maneira como eles são configurados para interagir com os...

Profissões do futuro: estudo aponta as tendências

A cada ano o mercado de trabalho se transforma e cabe ao profissional buscar qualificação e estar bem informado sobre as profissões do futuro. As profissões do futuro apontam uma demanda de 797 mil profissionais até 2025 🔎 Um estudo...

DuckDuckGo lança pesquisa por inteligência artificial

O DuckDuckGo seguiu os passos da Microsoft e do Google, lançando a versão beta do DuckAssist com recursos de pesquisas gerados pela IA. Assim, obtém respostas extraídas de páginas da internet. A DuckDuckGo está aproveitando a tecnologia...

Web 1.0 à Web 4.0: entenda sua evolução e diferenças

A Web representa a rede que conecta computadores em todo o mundo, e ela vai evoluindo conforme o avanço tecnológico. A divisão da internet se dá por meio de épocas e cada época possui partes que recebem o nome de Web 1.0, 2.0, 3.0 e 4.0....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *