Empresa Unicórnio: O que é, onde vive, do que se alimenta?

Escrito em: 11/08/22

Calma, isso não é nenhuma sinopse de um filme de fantasia. Pelo contrário, este é um termo que foi primeiramente utilizado pela investidora de capital, Aileen Lee, em seu artigo Welcome to the unicorn club: learning from billion-dollar startups

Após a livre tradução do título, nós temos a seguinte frase: “Bem-vindo ao clube dos unicórnios: aprendendo com startups de um bilhão de dólares”.

E por que esse nome? Bom, segundo a própria Aileen Lee, unicórnios não existem, mas ela gosta desse termo porque faz alusão a algo raro e mágico. 

O que é uma Empresa Unicórnio?

O que são? Empresas Unicórnios são as startups que estão avaliadas no valor de um bilhão de dólares sem estarem cotadas na bolsa de valores. 

Possuir fundos de um bilhão de dólares é o sonho de todas as startups, talvez agora faça mais sentido para você o porquê dessa associação com unicórnio. Lembra quando a Lee disse que era algo raro e mágico? Pois então, nada é tão mágico quanto um unicórnio, a não ser uma startup unicórnio.

A americana Aileen Lee escreveu seu artigo em 2013, e então foi introduzido o termo “startup unicórnio”, e foram mapeadas um total de 39 empresas que receberam este título. Em 2020 este número chegou a 442.

Porém, em Maio deste ano (2022), segundo a CB Insights, o mundo ultrapassou a marca de 1.000 startups unicórnios, chegando ao total de 1.104 empresas com este título.

Empresa Unicórnio

Quais são as empresas unicórnios do Brasil?

Onde vivem? Não precisamos ir muito longe para sabermos onde essas startups vivem, muitas delas estão aqui no Brasil. É isso mesmo, nós temos nossos unicórnios nativos. 

A primeira empresa brasileira que chegou ao tão sonhado 1 bilhão, foi a 99, com seu aplicativo de transportes e táxi. A empresa teve início em 2012 e conquistou este título após ser adquirida pela Didi Chuxing, em Janeiro de 2018.

Confira a lista de algumas startups unicórnios que são brasileiras e veja em que ramo atuam:

99 

Se tornou unicórnio em 2018, como já citamos anteriormente. E atua no ramo da mobilidade, através de um aplicativo de transporte.

Empresa Unicórnio - 99

Ifood

Se tornou unicórnio em 2018, atuando através de um aplicativo de entrega de alimentos e/ou outros.

Empresa Unicórnio - ifood

Nubank

Também se tornou unicórnio em 2018, no setor de fintech (tecnologia em serviços financeiros).

Empresa Unicórnio - nubank

Quinto andar

Se tornou em 2018, através do setor de proptech (aplicação de tecnologias no mercado imobiliário).

Empresa Unicórnio - quinto andar

C6 Bank

Pra você não pensar que todas iniciaram só em 2018, temos a C6 Bank que se tornou unicórnio em 2021, e também atua no setor de fintech.

Empresa Unicórnio - c6 bank

Ao todo são mais de 20 startups somente no Brasil. Desde 2018, vem surgindo novas empresas unicórnios brasileiras.

Caraterística de uma empresa unicórnio

Do que se alimentam? Não existe nenhum ingrediente secreto para os nossos unicórnios. Esse resultado é a mistura de muito esforço e dedicação, com uma pitada de planejamento.

Porém, todas as startups unicórnios possuem características em comum. Confira as principais características de uma startup unicórnio:

Inovação

Bom, aqui nós não vamos tratar inovação como um diferencial, pois atualmente se tornou um pré-requisito para as empresas que desejam crescer e se destacar no mercado. 

Por exemplo, o ifood inovou o modo como as pessoas pedem seus lanches, alimentos, etc. Ou seja, ele entrou para o nicho de delivery e se tornou um grande facilitador neste processo. Qualquer pedido pode ser feito através do aplicativo, com apenas alguns cliques.

Essa é uma das principais características de todas as startups que se tornam unicórnios. Elas possuem essa habilidade de pegar algo que já existe, e transformá-lo em algo totalmente novo.

Investimento Tecnológico

A tecnologia está diretamente ligada às startups unicórnios, uma vez que essas empresas normalmente fazem a utilização de algum software para solucionar problemas.

Logo, fica claro a importância de investir em tecnologia. Com a Pandemia do Covid-19, o mundo todo foi lançado neste universo tecnológico. E não seria diferente para o mundo dos negócios.

Com a crescente necessidade de satisfazer o desejo dos clientes, que estão cada vez mais exigentes, investir em tecnologia também se torna quase que obrigatório para as startups unicórnios.

Foco no Cliente

Toda a empresa, principalmente as startups unicórnios, sabem que para chegar ao topo é necessário ter o cliente como seu principal foco. Pois eles irão usufruir do seu serviço e/ou produto somente se sentirem que suas necessidades estão sendo atendidas.

Então, todas as startups que se tornaram uma unicórnio sabem que foi um caminho bem trabalhoso, pois não é fácil solucionar diversos problemas para milhares de pessoas, por isso o investimento em tecnologia é tão importante também.

Tudo precisa ser feito, pensando na experiência que o cliente vai ter, e essa experiência precisa ser mágica. Mágica como um unicórnio.

Posição Vantajosa

Como citamos anteriormente, não é fácil solucionar problemas para muitas pessoas, e é exatamente isso que acaba colocando as startups unicórnios em uma posição de vantagem frente a outras empresas. 

Além disso, elas são empresas normalmente pioneiras que acabam criando soluções que os clientes não conheciam até então, isso acaba sendo uma alavanca para o crescimento dessas startups.

Sem falar que a concorrência é muito menor, normalmente algumas empresas unicórnios acabam atuando sozinhas, isso faz com que elas cheguem mais rápido ao tão sonhado primeiro bilhão de dólares. 

Quais as startups mais valiosas do mundo?

Agora que você já sabe o que são, onde vivem e do que se alimentam, está na hora de saber quais são as startups unicórnios mais valiosas.

Bom, talvez eu nem precisasse escrever sobre o primeiro lugar. Você vai achar muito óbvio depois que souber qual é a startup que está no topo do ranking. Vou dar uma pista: envolve dancinhas que viralizam. É isso mesmo que você pensou.

A startup mais valiosa do mundo é a empresa chinesa que é dona do Tiktok, chamada de ByteDance. Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Huru, em 2021, o valor da super unicórnio foi estimado em US $140 bilhões de dólares.

O segundo lugar ficou com a empresa SpaceX, avaliada em US $100,3 bilhões. É uma startup dos Estados Unidos, liderada por Elon Musk. Sua função é construir foguetes, naves e outras ferramentas, com o objetivo de levar as pessoas até Marte. 

O terceiro lugar era ocupado pela empresa Stripe, estimada em US $95 bilhões de dólares. Também é dos Estados Unidos, e trata-se de uma fintech que cria estrutura para internet através de softwares de pagamento e gerenciamento de negócios.

Porém, segundo algumas notícias, a empresa Shein recebeu um aporte de US $100 bilhões, o que a tornou a terceira startup mais valiosa do mundo.

Como se determina o valor para virar uma startup unicórnio?

Há maneiras diferentes de determinar o valor de uma empresa. Mas no caso de startups é mais simples de entender porque elas possuem capital fechado e normalmente essa avaliação é feita através dos fundos que investem nela. Diferente das empresas de capital aberto.

Se você está se perguntando: “O que são empresas de capital aberto?”, a gente te explica. São empresas que formam o capital através de ações negociadas na bolsa de valores. Por exemplo, é como se o valor total fosse repartido em várias partes, depois vendido para quem quiser comprar, e quem compra se torna acionista.

Já no caso das empresas de capital fechado, o valor também pode ser dividido em ações, mas essa comercialização não ocorre na bolsa de valores. São divididas entre os acionistas que são fixos, e na maioria das vezes fazem parte da família ou do conjunto de diretores.

Porém, também é possível comprar e vender ações de uma empresa de capital fechado. Só que essa negociação não é aberta como na bolsa de valores. É simplesmente uma transação fechada entre vendedor e comprador.

No caso das startups que se tornam unicórnios, os fundos são investidos como uma forma de aposta, pois eles não possuem nenhuma garantia de que terão um lucro, apenas acreditam no potencial e investem para terem um retorno financeiro futuramente.

Como se tornar uma empresa unicórnio

Para chegar ao tão desejado 1 bilhão de dólares, o empreendedor precisa ter uma visão abrangente e visionária. Além de possuir a sagacidade de acreditar em si mesmo e no seu produto e/ou serviço.

Não existe um passo a passo que garanta com 100% de certeza que sua empresa se tornará uma unicórnio, o que existe são alguns fatores que ocorreram em todas as startups que chegaram a esse valor.

Tenha um planejamento

Sem um planejamento é impossível sair do lugar. Defina o seu propósito como organização, quais são seus valores, onde você quer chegar, e por quê. Além disso, construa um bom modelo de negócio. 

Pontuar metas e objetivos pode ser o início de sua jornada de sucesso. Pois além de saber quais caminhos seguir, você saberá os recursos necessários durante este processo. Por isso, é importante um planejamento estratégico.

Faça parcerias

Não se feche para parcerias, esteja disponível para trocar conhecimentos, conteúdos, ou experiências. Se vocẽ fizer isso com a empresa certa, e que seja importante para o seu segmento, esteja preparado para o surgimento de inúmeras oportunidades.

Priorize o cliente

As startups surgem como uma solucionadora de problemas para os seus clientes, e isso deve estar em ascensão durante todos os processos da empresa. Ressaltando o quão importante o negócio se torna para a vida das pessoas.

Mas além disso, você precisa cumprir e entregar realmente aquilo que promete para o seu público, para que assim, o seu negócio além de ser necessário, possa ser também confiável.

Pense grande e nas pessoas

Suas ações do presente precisam estar focadas nos objetivos que a empresa deseja alcançar no futuro. Crie uma persona e direcione seus esforços para beneficiá-las e isso fará com que a organização cresça. 

Pensar grande não exclui o fato de pensar nas pessoas. Ambos podem ser complementares. Pois enquanto você planeja e mira suas metas, pode ir criando novas formas de ajudar as pessoas.

Será que futuramente teremos a queda dos unicórnios?

Depois de apresentarmos tantas questões importantes e positivas sobre as startups unicórnios, nós vamos tocar em um ponto que talvez você não estivesse esperando. Será que os nossos unicórnios voadores vão cair? 

Bom, já estão ocorrendo algumas situações que não estávamos acostumados a ver ou a ouvir quando se tratava de uma startup unicórnio. Dentre alguns acontecimento podemos destacar:

Demissões e reduções

Atualmente as startups estão demitindo um número significativo de funcionários, além de muitas reduções no valuation, mas isso não está acontecendo somente com as startups, ocorre também com as grandes empresas.

Uma das principais alavancas para isso é a pandemia do Covid-19, que deixou como sequela o aumento da inflação em todo o mundo.

Você deve estar se perguntando: onde que isso afeta as startups? O excesso de inflação alta, faz com que os fundos de investimento coloquem seu dinheiro em ativos mais seguros. E nessa situação, as startups não seriam estes ativos.

Taxas de juros elevadas

As altas taxas de juros acabam impactando o valor das empresas, principalmente as startups. Pois o seu valor está no futuro, como já citamos anteriormente, e por isso os investidores optam por não arriscar.

A alta de juros acaba contribuindo para a correção desses valuations das empresas, pois acaba diminuindo sua expectativa de crescimento.

Isso acaba resultando na diminuição dos investimentos em startups. Por exemplo, em 2021 o fundo Vision Fund (fundo do SoftBank), registrou o seu maior prejuízo desde 2017. Perdendo quase US $30 bilhões em investimentos. Por isso, o SoftBank deve cortar até 75% dos investimentos em startups.

Então, aprendemos que a realidade vive em constante mudança, e precisamos estar sempre prontos para nos adaptar. Sabemos que é só um momento de transição, não é uma regra geral, aqueles unicórnios que estão voando alto, dificilmente cairão.

Conclusão 

Enfim, com este material você aprendeu que apesar das diversas incertezas que as startups enfrentam, elas podem chegar ao topo e conquistar seu tão sonhado 1 bilhão.

Mas esteja sempre atento às mudanças que acontecem no mundo, pesquise e se atente, para que todos os seus passos possam ser seguros e que o seu futuro de empreendedorismo tecnológico seja mágico, como um unicórnio.

Rafaela Konze

Rafaela Konze

Rafaela Konze é analista de marketing na Zipline e responsável pelo blog e redes sociais do Agatetepe. Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos por e-mail!

Você também pode gostar…

Ferramentas que todo empresário deve utilizar

Fazer a gestão de uma empresa pode ser uma tarefa que exige bastante tempo dos responsáveis, ainda mais se decidirem fazer tudo manualmente. No entanto, se você é dono de um negócio existe uma saída, a utilização de ferramentas...

O futuro do streaming: como avanços tecnológicos alteram práticas de negócios

A resposta mais comum para o que se fará em um feriado ou férias é por as séries em dia, não é mesmo?! Como o streaming de conteúdo de vídeo se torna uma atividade diária para um número de pessoas em rápida expansão, o setor relativamente...

E-commerce: 5 tendências tecnológicas

O e-commerce tem tido um crescimento acelerado nos últimos anos, desde o impulso que ele sofreu pela pandemia. O isolamento social mudou o comportamento das pessoas referente a forma de comprar. Os consumidores estão cada vez mais...

API: aprenda o que é, e qual sua importância

A API é de grande importância para os desenvolvedores pois permite que eles criem softwares, plataformas, programas, aplicativos, entre outros. Por isso, aprender sobre as APIs é fundamental para toda a pessoa que deseja estar inserida no...

Empreendedorismo é para você: 20 perguntas a se fazer

O sonho do empreendedorismo existe nas mentes dos ambiciosos, aqueles que acreditam que podem alcançar as estrelas. E em suas mentes, eles podem ver isso. Eles sabem o que querem construir – e se não sabem o que construir, sabem que só...

Copywriting: Faça o seu memorável com o número três

Redatores e profissionais de marketing, qual é o seu número favorito? Se não é '3' (três), será no final deste artigo. Então pare, olhe e ouça. Os consumidores estão se tornando cada vez mais céticos em relação ao mercado fragmentado....

SEO para Bing: Otimizando para o segundo maior SERP

Quando os profissionais de marketing falam sobre SEO, quase sempre falam em otimização para o Google. Como o Google ainda detém 63,5% da participação de mercado, faz sentido atender ao mecanismo de busca mais popular. No entanto, seria um...

CEO: aprenda o que é e conheça sua função

A palavra CEO deriva do inglês e significa "Chief Executive Officer", em sua tradução temos "Diretor Executivo". Este cargo varia de acordo com o tipo de empresa. Atualmente, é um dos cargos mais desejados e é comum vermos pessoas...

Bard: o sistema de inteligência artificial do Google

Google anunciou o Bard, o nome em sua livre tradução significa: bardo. Assim, ele faz referência às pessoas que transmitiam histórias de forma oral na Europa. Bard obtém informações atualizadas da internet, gerando respostas de alta...

11 lições surpreendentes de 1000+ postagens de blog

Se você soubesse o que sabe agora, você teria feito algo diferente? Que poderia ter facilitado a jornada? A primeira lição é a mais importante. É mais uma mentalidade do que uma tática ou estratégia. 1. Vitória vem da exploração Como você...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *